RICAMATRICI PORTOGHESI A VALTOPINA

Manca ormai solo poco più di una settimana alla mostra di Valtopina (PG) dal 6 all’8 settembre prossimo, dove ho invitato alcune brave ricamatrici  di un’importante Associazione portoghese che faranno dimostrazioni e brevi corsi sulle peculiari tecniche di ricamo della loro nazione. Da alcuni anni sto svolgendo alcune ricerche. Mi chiedevo: perchè il Punto Umbro, Sorbello o Portoghese che ho rilanciato una quindicina di anni fa, si chiama anche “Portoghese” ? Così finalmente dopo due anni di fitta corrispondenza, sono andata in Portogallo per continuare la mia ricerca di cui leggerete in futuro. In Portogallo ho conosciuto persone meravigliose, cordiali e molto disponibili. E’ stato anche pubblicato un articolo su un giornale locale. Eccolo:

Especialista italiana pesquisa origem das semelhanças entre os bordados das Caldas e o ponto italiano
Publicado a 29 de Junho de 2013 .

Genoveffa Michela Porpora, especialista italiana em artes decorativas e directora da revista Cora, esteve recentemente nas Caldas da Rainha para investigar as semelhanças entre os bordados locais e o Punto Umbro, Sorbello, Portoguese que se utiliza no seu pais.
As semelhanças são muitas. Há motivos simétricos e geométricos de folhas, flores, cestos, ânforas, pássaros, coroas, para alem de uma enorme profusão de arabescos que são comuns aos dois tipos de bordados.
São tantas as coincidências que até a bordadeira caldense Liseta Pereira, da Capelista das Termas, ficou admirada quando teve contacto com o Punto Umbro, Sorbello, Portoguese. “Há muitas semelhanças, mas pelas datas percebi que os nossos são mais antigos”, disse Liseta, salientando a importância desta pesquisa e a troca de conhecimentos com Genoveffa Porpora, também ela executante. Mas se foram os Bordados das Caldas a influenciar aquele estilo italiano, como se deu esta transmissão cultural? Genoveffa Porpora tem algumas teorias sobre o assunto: “podem ter surgido da vinda de uma marquesa italiana às termas, ou então, de uma professora [daquela marquesa] de artes decorativas. Esta é uma das hipóteses. Só teremos a certeza quando encontrarmos documentos que o comprovem”, referiu.
A especialista vive e trabalha em Perugia, na região de Umbria, e já escreveu vários livros sobre a história e a técnica de execução de diversos bordados italianos, contribuindo para a divulgação e preservação daquele património histórico, artístico e cultural. Esta autora também organiza conferências e cursos de formação profissional nestas áreas e defende que as artes artesanais podem constituir um interessante nicho de mercado e criação de emprego. Na calha está um livro dedicado apenas ao Punto Umbro, Sorbello, Portoguese, onde se explica de que forma este bordado se cruza com o Bordado das Caldas e com a própria história das Caldas da Rainha. N.N.
Non perdete dunque la magnifica occasione di conoscere queste brave ricamatrici portoghesi e venite ad ammirare i loro  meravigliosi ricami. Ecco un’anteprima:
  !
Questa voce è stata pubblicata in Senza categoria e contrassegnata con , , , , , , , , . Contrassegna il permalink.

Lascia un Commento

L'indirizzo email non verrà pubblicato. I campi obbligatori sono contrassegnati *

*

È possibile utilizzare questi tag ed attributi XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>